A diferença entre vazão e pressão

Os sistemas hidráulicos e pneumáticos são compostos por diversas peças que, juntas, são responsáveis pela ativação do sistema dentro de um maquinário. Eles são acionados, respectivamente, com fluidos e gases, que são os principais ativos de todas as etapas de trabalho de um sistema completo.

Em meio às muitas tarefas de cada um dos componentes do sistema, algumas palavras são muito ditas, mas duas das mais comuns são “vazão” e “pressão”. Hoje, queremos explicar a diferença de cada uma delas e como elas impactam no seu sistema. Vamos a elas?

O que é vazão e o que é pressão

Antes de saber as diferenças entre elas, é preciso entender o que cada uma significa para o sistema individualmente. A pressão é a força exercida pelo fluido ou gás em uma área específica. Já a vazão é o volume desse fluido ou gás que passa em um ponto específico do sistema de acordo com uma unidade de tempo.

Por serem usadas em diferentes sistemas, elas podem ser medidas em bar, psi, kgf/cm², etc no caso da pressão e em l/s, cm³/s e outros para a vazão. A unidade de medida varia de acordo com o sistema de medida usado naquele circuito e no seu tamanho, implicando na variação de valores.

Quais as diferenças entre vazão e pressão para o sistema?

A vazão é uma grandeza que se origina por meio de um elemento gerador, no caso da hidráulica a bomba que tem por função proporcionar um volume de liquido para o sistema em um determinado tempo (Litros por minuto, por exemplo) o qual está diretamente ligado à velocidade com que os atuadores finais se movimentarão linearmente no caso dos cilindros e rotacionalmente no caso dos motores.

Vamos imaginar uma bexiga de aniversário. Para encher, você aplicará uma vazão nela e,quanto mais rápidovocê deslocar um volume de ar (vazão)para dentro da bexiga, mais rápido ela se encherá. Quanto mais lento você deslocar o volume de ar (vazão) para dentro da bexiga, mais lento ela se encherá.

Já no caso da pressão, ela se origina nos sistemas por meio das restrições e pela dificuldade do elemento transmissor de energia (óleo na hidráulica e ar na pneumática) passar por um determinado ponto do circuito. Os líquidos são menos compressíveis que os gases onde é necessária uma elevada pressão para reduzir o seu volume e, como vimos a pressão está diretamente vinculada a força exercida pelos atuadores lineares e rotativos o que torna os sistemas hidráulicos circuitos com um grande potencial de trabalhos com elevadas forças. Em sistemas fechados como são os circuitos hidráulicos e pneumáticos, essa pressão se origina pela compressão do elemento transmissor envolvido, o qual chega ao seu nível máximo de compressão.

Se o seu sistema estiver operando com baixa pressão, por exemplo, e seja necessárioaumentar a força do cilindro, o aumento da pressão pode proporcionar esse excedente necessário. Se o seu sistema estiver operando em baixa vazão, por exemplo, e seja necessário aumentar a velocidade do cilindro, o aumento da vazão pode proporcionar esse excedente necessário mas, devemos nos atentar com o máximo que nossos equipamentos suportam na execução de trabalho e para isso o melhor a ser feito é procurar uma empresa especializada para ajustar e aumentar a eficiência dos seus processos industriais sem provocar possíveis danificações aos seus sistemas.

Agora que você sabe qual é a diferença entre vazão e pressão para o seu sistema, é hora de contar com a ajuda da Huade! Somos uma empresa especializada e certificada em sistemas hidráulicos e eletrônicos e estamos sempre atualizando e progredindo com nossos produtos e serviços para melhor atender ao que você procura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Huade © 2020 | Todos os direitos reservados.

Exent | Performance Marketing